03 junho 2008

“AQUI DA MINHA RUA”
Reformado: - Por este Rio acima, vinde poetas cantar a beleza deste vale, o património mundial que é de todos e que alheio às críticas dos ambientalistas, sociólogos, cientistas, gente anónima que ama o Rio. Este Governo vai para a frente com o projecto da Barragem do Rio Tua. Em troca de uns míseros cobres,- Judas vendeu Cristo por trinta dinheiros- a EDP mesmo à quota mínima de 160 metros, vai afundar a linha férerea do Tua. A linha não sabe nadar!....
Fininho: - Vamos tirar fotos, aproveitar de graça o que de graça a Natureza nos oferece. Com a desculpa da crise dos combustiveis e energias limpas e baratas, este Governo tem levado a àgua ao moínho, mas já não engana por muito tempo, 2009 está à porta e até os barões do PS, já avisaram o amigo Sócrates de que o povo, anda a sofrer com o rumo que a política está a tomar, e em 2009 adeus maioria e quiçá, perder as eleições.
Catita: - Mas ainda duvidas disso?!... Agora há uma mulher na oposição. E que mulher!..., não é que eu aprecie o género e muito menos mulheres, eu cá gosto de machos latinos e musculados.
Gibóia: - Será que o PSD desta vez vai tomar juízo?!... Cá p’ra mim a Manuela vai trazer o Santana com rédea curta, vai dizer ao Alberto João, que a Madeira já não é aquele jardim e que não precisa dos votos da Madeira como ficou provado. Quanto ao Sócrates e a 2009, muita àgua vai correr debaixo da ponte e se o Menezes só aguentou 6 meses, vamos ver a resistência desta mulher, mas era bom mulheres ao poder, pelo menos é diferente.
Maria Fumaça:- Olha que há mulheres que sabem governar casa e há muitos homens, que fizeram história, porque atrás deles, havia sempre uma grande mulher. Exemplos há muitos, em Inglaterra por exemplo a dama de ferro, em Portugal só se fôr a dama de paus, mas que a menina tem cariz, e aquele ar sério lá isso tem, até o Marcelo o reconhece.
Reformado: - Maio foi o mês do coração,e eu que não me lembrei disso. Quem se lembrou foi a Junta de Freguesia de Carrazeda, que com o Slogan “- Domingo a mexer – Coração a bater” realizou no passado dia 25/05/08 o V Passeio Pedestre na extensão de 5,5 Klm. Este ano não tive a oportunidade de participar por desconhecimento, pois fá-lo-ía com gosto, é um precurso simpático, agradável e cultural, tem muitos participantes e é feito com segurança,com o apoio de médico e dos Bombeiros. Uma acção louvável que deve continuar, pena que só seja feita uma vez por ano aqui fica o recado.
Fininho: - E neste mês de Junho, vem aì o bom tempo, os santos populares, e o dia Internacional da Criança.
Maria Fumaça: - Crianças sómos nós, felizes aqueles que têem dentro de si o espírito de eterna criança. Apesar da minha idade, não me considero velha. Velha? Velhos, são os trapos e muitos ainda são utilizados diáriamente em várias tarefas. No dia 2 de Junho, com a colaboração espontãnea dos Professores- ainda servem para alguma coisa- e o Pelouro da Cultura da Cãmara Municipal de Carrazeda, houve festa para as crianças. Uma empresa montou na sala de visitas de Carrazeda, um castelo mágico e casa assombrada, feitas de borracha insuflável, onde as crianças podiam subir, escorregar, saltar e divertirem-se como o fizeram.
Gibóia: - Foi bonito sim senhor. Eu vi mais funcionários públicos a entrar no escorrega, meninas a sorrirem e exclamar alto e bom som, que aquilo não era só para os infantis, elas também gostam da diversão, e quem não gosta….
Catita: - Divertidos e felizes, andam os Fiscais da Câmara, agora com competências mais vastas, sentem que a sua importância não só aumentou, como há a hipótese de ver aumentar o magro vencimento ao fim do mês. Para tal basta produzir um pouco mais e passar uns talºões de multas aos incautos automobilistas que se descuidem em tirar o bilhete do estacionamento do pópó.Ou que o mesmo bilhete tenha caducado, por minutos pois o tempo é dinheiro e uma hora tem um preço, daí para riba é mais caro.
Reformado: - E em Carrazeda, não há movimento que justifique tal medida, acontece que há quem dê màs informações ao Chefe e nunca o concelho de Carrazeda se pode colocar em termos de comparação com o vizinho concelho de Macedo de Cavaleiros, só não vê quem é cego, ou não quer ver.
Fininho: - E por aqui nos quedamos. A saga continua, esteja atento aos próximos capitulos e mesmo em férias, eu sei que não deixa de ler este Blog òh chefe.

15 comentários:

Anónimo disse...

Se o PS perder as eleições em 2009o amigo Manuel Pinto vai agarrar-se à saia da MFL, ciente que vai ter o gasóleo barato para a sua agricultura!
Ou que vai ter uma reforma mais gorda!
Ou que vai ver os pobres passarem à classe média alta!
Deus nos valha Manuel Pinto!
Onde se buscam os milagres?
Como passa a sofrer-se pela mão de uma Senhora, custa menos não é verdade Manuel Pinto?

piloto disse...

Eu gostava de saber porque ñ publicam os meus comentarios?????????????????????????

piloto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Qual comentário Sr. Piloto?

piloto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
piloto disse...

Se os censuram, ñ posso lhe dizer qual são os comentarios, Sr. Anónimo, talves sejam umas simples perguntas que eu fiz acerca de uma certa empresa, bem enfim deve de ter feito moça nos admistradores deste blog...

Anónimo disse...

Para o autor do texto e parafasendo o Rei de Espanha.."porque non te calhas?"..

Anónimo disse...

Para o autor do texto e parafasendo o Rei de Espanha.."porque non te calhas?"..

Anónimo disse...

Para o autor do texto e parafasendo o Rei de Espanha.."porque non te calhas?"..

Anónimo disse...

Para o autor do texto e parafasendo o Rei de Espanha.."porque non te calhas?"..

Anónimo disse...

Para o autor do texto e parafasendo o Rei de Espanha.."porque non te calhas?"..

Anónimo disse...

Para o autor do texto e parafasendo o Rei de Espanha.."porque non te calhas?"..

Anónimo disse...

Pois muito bem!
Já reparou que há perguntas que não se podem fazer!?
São os "maltrapilhas políticos" que temos e é com eles (democratas de meia tijela) que temos de viver!

piloto disse...

Oooooh,que pena é por isso e por outras que Portugal anda como anda e as pessoas são obrigadas a emigrar, parece que estamos no tempo do outro senhor mas muito mais esquesito é o pobre ser mais pobre e o rico cada vez mais rico no nosso retangulo a beira mar.

Couve disse...

http://alguresemcarrazeda.blogspot.com/