27 abril 2008

Uma viagem ferroviária

... pela linha do Tua enquanto não a encerram!

O 'Rei' ficou a pé e os utentes da CP vão na mala do táxi

Um sábado, a propósito das recentes notícias sobre o eventual encerramento da linha do Tua, resolvi, com a minha namorada, passear na mesma. Em primeiro lugar fiquei chocado, juntamente com outros turistas, quando à chegada da estação do Tua fomos informados de que o troço da linha entre Tua e Abreiro (o mais espantoso do percurso) estava encerrado. No entanto, quando perguntei aos funcionários da CP e da REFER se havia obras na linha, estes comunicaram-me que as obras estavam concluídas e que apenas se aguardavam instruções "superiores" para reabertura desse trajecto.

Para transportar os passageiros, a maior parte turistas que vinham especificamente apreciar o trajecto do caminho-de-ferro, estavam dois táxis ao serviço da CP. Obviamente que, num sábado com Sol de Primavera, os dois táxis não chegavam para todos os passageiros. De forma a "resolver" o problema, o taxista chamou um outro táxi. Mesmo assim, nem todos os passageiros cabiam nos três táxis, um deles prontificou-se a ir na mala do carro e assim se resolveu o problema do transporte dos passageiros. Uma vez que com todas aquelas manobras o tempo se foi esgotando (e a automotora de ligação estava à espera na estação de Abreiro) o taxista foi "forçado" a acelerar a marcha chegando mesmo a atingir os 90 quilómetros/hora (Km/h) naquela estrada cheia de curvas e contra curvas. Não critico o taxista que fez todos os possíveis para se assegurar que toda a gente chegava a tempo ao comboio. A questão que faço é: valerá a pena a CP substituir a alegada insegurança da linha por insegurança rodoviária? Quando ainda por cima as pessoas queriam era ver o percurso do comboio? Mas, lá chegamos ao comboio sem "azares de percurso".

Durante a viagem de comboio vi com os meus próprios olhos o estado de má conservação em que se encontra a linha, forçando a automotora a circular a uma velocidade de 35km/h. Velocidade esta que torna o comboio não competitivo (quando na prática tinha todas as condições para o ser).

Chegamos a Mirandela no tempo previsto e aproveitamos o maravilhoso jardim junto ao rio para fazer um piquenique. Quando voltamos para a estação com vista a tomar o comboio de regresso ao Tua ficamos surpreendidos com a presença de D. Duarte Duque de Bragança naquele lugar. Este encontrava-se com representantes do Movimento Cívico pela Linha do Tua que recolhiam assinaturas para uma petição a favor do não encerramento da linha. Aparentemente era intenção do nosso Rei fazer também o percurso Mirandela-Abreiro, coisa que não se veio a verificar. O mais incrível é que o 'Rei' não pôde fazer este percurso porque a automotora já estava lotada (40 lugares sentados e 30 em pé). E, apesar do esforço do maquinista para receber autorização para acoplar uma outra automotora (existiam duas disponíveis na estação de Mirandela), esta foi-lhe recusada por alguém superior (da CP ou da REFER).

Em resumo, os turistas que queriam ver a linha tiveram de desistir ou ir de táxi, alguns passageiros tiveram de ir na mala do táxi e o Rei ficou "pendurado" na estação de Mirandela. Parece-me mesmo que algumas entidades querem arruinar de vez a imagem da linha do Tua para terem menos "entraves" no seu encerramento!!!

Que País em que vivemos. às vezes, e apesar de gostar muito do meu País, tenho vergonha (já que outros não a tem) .


Hugo Guimarães no Público

16 comentários:

Mario disse...

eu Hugo não tenho vergonha do meu país tenho vergonha dos bandalhos
que não têm vergonha de envergonharem o nosso país...

Espero que os Portugueses despertem

Obrigado Hugo pela publicação da Notícia e obrigado Zé Mesquita por a ter divulgado

O Sr D. Duarte Pio veio manifestar o seu apoio a Trás os Montes , defender o património histórico base da identidade local e nacional
e apoiar o Movimento Civico pela linha do Tua na defesa intransigente deste valor, simbolo da capacidade e do querer de Trás os Montes e dos Portugueses, dando-nos a honra de ser o primeiro a assinar a petição em papel

a Petição online aproxima-se das 4000 assinaturas
obrigado a todos

www.linhadotua.net

Anónimo disse...

isto é a pura realidade e passo a descrever um episódio recente;
este feriado passado um grupo de amigos residentes na Capital e outros no Algarve decidiram efectuar um passeio na linha do Tua. De salientar que esta viagem foi progamada com 2 meses de antecedência, desde reserva de hotel até varios telefonemas para a CP procurando confirmar a funcionalidade da linha. Só quando se encontavam dentro do comboio e já a chegar ao Tua são informados pelo revisor que a viagem terá de ser feita num taxi e só depois entrariam no comboio numa zona sem a beleza que enaltece tal trajecto. Claro que abortaram tal viagem e outra solução não restou que almoçar no conhecidissimo Calça Curta e esperar que fossem as 18h00 para regressarem a casa.
Como querem que a linha possa ser rentavel? só este grupo eram 16 pessoas e haviam muitos mais grupos que tomaram a mesma decisão.
assim poderemos gritar bem alto VIVA O TURISMO TRANSMONTANO QUE AQUI SÓ VEM ALGUEM POR ENGANO

Pereira

leonidas disse...

excelente !

o que interessa é deixar tudo debaixo de água com a nova barragem, cuja unica utilidade é salvar algumas construtoras da falência

no futuro nem de taxi vamos...vamos a nado ou de burro pelas serranias
O que não deixa de ser ecológico

triste pais onde o Rei (que nada pode visto sermos republica) conhece melhor as necessidades e mais faz para as prover do que os governantes eleitos que apenas servem os lobbies

bem haja

Diogo Dantas disse...

Parabéns pelo seu blog e pela sua terra, que tive o prazer de visitar este fim-de-se,ana, na comitiva do IDP.

Anónimo disse...

Antes de mais gostaria de dizer que está um relato bastante ilucidativo mas gostava também e salientar que os dois passageiros que foram na "mala" do taxi usufruiram de toda a comodiade (ou mais pois dispunham de mais espaço) dos restantes, estando o mesmo taxi equipado e licenciado com dois bancos na "mala"........por isso antes de atirarem palavras ao vento certifiquem-se que as atiram correctamente....eu próprio me preocupei em perguntar ao taxista.........quanto ao Rei, tal como ele na parte de manha ficaram em Mirandela cerca de 30 pessoas de bilhete tirado(as quais devolveram e pediram respectivo bilhete) e outras tantas no percurso inverso no mesmo horário na estação do Tua.....o que é de lamentar é telefonarmos a pedir informações para a CP e nos ser dito que a linha está aberta e funcional....não nos explicando é que o transbordo entre Tua-Abreiro-Tua é feito em taxis.....desta forma vendem-nos gato por lebre....pois sabendo eu isso não sairia da minha pacata cidade de Fatima para apreciar tal percurso.....


António - Cidade de Fátima

Anónimo disse...

Não há dúvida de que somos uma região tipo terceiro mundo!

Mario disse...

Mais apoios `Linha do Tua

Mário Soares considera crime ..

www.linhadotua.net video ir até 29minutos

Bloco de esquerda contra Barragem

http://www.maraoonline.com/MARAO/MARAO_online/EC565544-533E-4CB7-A2EA-DE4F35AFDE4E.html

Partido Comunista

http://www.maraoonline.com/MARAO/MARAO_online/EC565544-533E-4CB7-A2EA-DE4F35AFDE4E.html

mch disse...

Mais noticias e apoios em www.somosportugueses.com

Anónimo disse...

http://servir-o-porto.blogspot.com/2008/04/petio-pelo-tua.html

apoio dp PS

Anónimo disse...

lá está as opiniões do ditos "tugas", so alcansam aquilo que lhes põe á frente e tem medo de pensar. se temos recursos soficientes para produzir enesgia, porque ter que a comprar a espanha? pois a energia está cara, claro, andamos a importar. ass werewolf

Anónimo disse...

Este último anónimo tem uma iamegem distorcida da realidade. Então nós compramos energia à Espanha?! E é apenas com a energia da pequena barragem do Tua que Portugal vai aumentar o seu nível energético? Não será muito mais prejudicial destruírem uma estrutura paisagística, ambiental e arquitectónica única no mundo? E os pobres abrangidos pela linha do comboio que não têm automóvel, não ganham para táxis e não são servidos por uma rede de transporte rodoviária? Não devem ser respeitados? Pense lá um pouco nisto, está bem?

Anónimo disse...

e penso, é claro k ñ é só essa barragem, são muitas mais. informe-se e verá k compramos electrecidade a espanha. e as paisagens ñ dão evolução a portugal, veja noutros paises desenvolvidos, alemanha, espanha, itália, se ñ fesaram o mesmo, pois assim estão á nossa frente. é muito caridoso, pois isso é suspeito ass: werewolf

Anónimo disse...

então façam as barragens na sua terra se é lá que precisam da electicidade
Façam a barragem no tejo junto à foz aí nem precisa, de transportá-la não venham oubar

Anónimo disse...

mas nao é so o caso de precisar eu ou voçê, precisa portugal, lá esta o eguismo, so pensar nele propreo. eu bem disse, "tugas" so se beneficiarem. werewolf

Anónimo disse...

não sabe o que diz nem o que escreve é só asneiras

Anónimo disse...

quando não ha argumentos parte-se para a agressão, pk respeito o k você diz, e toda a gente sabe o k diz excepto os loucos k nao é o nosso caso. todas as opiniões são mais ou menos válidas, n só as minhas nem só as suas. falta de respeito e de consideração da sua parte retira-lhe o credito todo.

"não sabe o que diz nem o que escreve é só asneiras" - esta afirmação reflecte a falta de argumentos, a teologia explica isso. defendo a opinião de werewolf - lord ss 14/88