17 agosto 2012

Divulgação: Feira da Maçã, do Vinho e do Azeite - Carrazeda de Ansiães


24 comentários:

Anónimo disse...

era melhor que estivessem quietinhos!

fernanda cartro disse...

Esse tipo de comentário ,e vindo de um anónimo era escusado ,nao? dar a cara era no minimo o mais correto...mas só tem uma coisa a fazer ,em vez de criticar...pode deitar maos á obra...

Anónimo disse...

Grande programa!

Anónimo disse...

Ora aí esta a 1ª atuação da "Filarmónica" em troca dos 7200€/anuais. Só falta uma para cumprir o protocolo!

Anónimo disse...

É grande? Tamanho A0 ou A1? Parece um A5!

Anónimo disse...

Aleluia ! Aleluia! Habemos cartaz, finalmente a 15 dias do evento... Se querem uma critica positiva, de facto, um evento desta natureza já deveria andar nas "bocas do mundo" em cartaz, há cerca de meio ano, para as pessoas poderem reservar estes dias nas suas férias. Outros que tenho visto por esse país fora, estão em cartazes, nas ruas, nas autoestradas, nos cafés, nos jornais, etc, há quase 1 ano. Depois não venham dizer, que há falta de gente !

Nuno Teixeira ☪ disse...

Uma vez mais, a festa com maior visibilidade de Carrazeda de Ansiães, prima pela ""boa"" música. Quando o cartaz apresenta 4 bandas - todas elas pimba - há duas ilações a ter em conta: MUITO mau gosto musical de quem tem a responsabilidade de arquitectar o programa da feira e um comodismo mórbido no que diz respeito à procura (falta dela) de outros horizontes musicais.

Anónimo disse...

A respeitavel senhora D. ou menina Fernanda Castro acusou o "toque" como soi dizer-se!
Parece-me que dentro do Município haverá capacidade para mais e melhor, mas como habitualmente, aceita-se o favor em forma de voluntariado como que o Município seja uma casa de doentes...!
Ou posso chamar-lhe de oferta barata ou voluntarismo exacerbado?
Se calhar as duas coisas!
Só o Senhor Presidente não enxerga que esta forma de admitir voluntariado choca frontalmente com a ética dos funcionários que deveriam ser respeitados...
O seu espaço físico de serviço é invadido por quem não pertence ali!
Ou então que se coletem no fisco e o Município que lhe remeta pedido de proposta para prestação de serviços, como outros fornecedores...
Depois os ditos favores sem coleta dão em quê?
Digam se sabem!?
Diz o meu colega Nuno Teixeira que as bandas são pimba!!!
Pois claro, tudo ali é pimba menos a banda do Vilarinho!

Anónimo disse...

Nem o grafismo do cartaz têm habilidade em mudar, quanto mais o conteúdo do mesmo! É pimba porque o povinho gosta e o presidente também...

Anónimo disse...

este cartaz é o q já me tinha dito: fraquinho, fraquinho, fraquinho

Anónimo disse...

O problema é que quem manda, não "tem duas linhas" de cultura musical.

Anónimo disse...

Lamentavelmente não acertaram na previsão que me haviam feito sobre o programa da feira deste ano. É que o programa não é mau, horrível! O sr. Nuno Teixeira põe o dedo na ferida e diz tudo. Não se consegue pensar num programa que vise também a juventude? A visão curta e a inexistência de alguém com capacidade de agarrar a cultura dentro da "casa branca", é este o resultado: pimbalhice e mais pimbalhice.

Anónimo disse...

Com tanta gente com ideias brilhantes (como as que eu li aqui)o melhor era Câmara não fazer nada e entregar a iniciativa à Sociedade Civil. Sim, porque assim viriam, talvez, grupos de música erudita ou bandas de heavy metal, que é precisamente o que o nosso povo gosta. Ou então não fazia nada, que é o normal.

Anónimo disse...

A Câmara de facto, era melhor nada fazer porque pelo menos não fazia asneira!
Alias o seu dever era dar autonomia à sociedade civil, para com ela e não por ela, fazer o que deve e é sensato que faça: AJUDAR, como o faz (ou deveria fazer) com as agremiações culturais e recreativas!

Nuno Teixeira ☪ disse...

Convencer uma minoria (ainda considerável) com propostas culturais distintas das demais, seria um grande passo num caminho todo ele marcado pela dita “tradição”. E esta Carrazeda, que tantas vezes utiliza este termo para justificar as suas escolhas culturais às vozes dissonantes, esquece-se que tradição é inimiga do progresso. Mas sim, os jovens continuarão a adaptar-se ao cartaz (já que o contrário não acontece). El território lunar parece-me um belo festival para voltar costas a esta feira, que em tudo homenageia o azeite.

Anónimo disse...

Este tipo de bandas é o que o povo gosta, mas atenção que o Função Publika e o Hi-Fi não tocam só pimba, tocam muito pouco pimba alias, tocam um pouco de todo...
São bandas conhecidas nacionalmente(os Hi-Fi até lançaram um cd recentemente, até o lançaram na num programa RTP) e o Função Publika nem é preciso falar é um grupo que tem cerca de 21 anos...
A nível de cache é médio alto, para um grupo musical mas penso que neste caso se justifica, porque eles proporcionam um grande espetáculo.

Para Carrazeda penso que as pessoas não podem pedir mais, o tempo dos artistas já la vai, agora é tempo de contenção de custos!

Espero que corra todo bem =)

Já agora vejam esta curiosidade:

O grupo musical AF de Oliveira do Hospital(Estiveram em Alijo nas festas deste ano) se forem consultar a agenda deles tem lá um espetáculo em Carrazeda no dia 31 de Agosto, mas não consta no programa...

Podem ver nesta imagem:
http://i49.tinypic.com/1gn5vo.png

Cumprimentos e boas festas,
JC

Anónimo disse...

uma coisa o anónimo de dom Ago 19, 09:18:00 a.m. n pode duvidar: se a escolha do cartaz fosse entregue à sociedade civil, o dito seria 20 vezes melhor q isto! aliás, em abono da verdade, nem seria necessário fazer grande esforço para o efeito!

mario carvalho disse...

enfim .. tanta coisa realmente importante para discutir .. a bem da nossa terra e ..pronto .. por um simples cartaz.. começa a batalha ... e matam-se uns aos outros ... quem beneficia com isso???...

o resultado está à vista ... cada vez mais frágeis , divididos e endividados .. e depois assobiam para o lado...



PAREM E TOMEM CONSCIENCIA DO QUE REALMENTE SÃO E DO QUE QUEREM

para cada um e para a comunidade

............

1º qual é o objectivo que se pretende atingir com esta feira??

2º Quanto se pode gastar???

3º o que fazer com o que se pode gastar para atingir esse objectivo?

.....

Depois

1º O objectivo foi atingido??

se foi cada um fez o seu trabalho

2º o objectivo não foi atingido?

porquê? onde e quem falhou?

......


para o ano

onde se pode aprender com os erros?

etc etc..


é assim tão dificil ??

.............

quanto ao pimba e quanto ao erudito...
depende sempre do objectivo.. mas não esquecer os gostos e ir fazendo algo para que possa levar a procurar outros...

.........





Anónimo disse...

Boa tarde.
Não sou propriamente comentadora de blogs, mas de quando em vez,ainda arrisco deixar um comentário.
Acredito que não temos muito dinheiro para esbanjar em festas, mas por favor, quem está à frente, ou a quem o Presidente delega este tipo de atividades, tem que ter a plena consciência daquilo que está a fazer, ou melhor, ter respeito pela população do nosso Concelho.
Além da falta de imaginação, pela originalidade do cartaz(isto é o menos)contratam dois grupos de musica que no ano transato fizeram parte da mesma "ementa".???? Existem outros grupos de musica pimba, ou lá o que lhe queiram chamar, a nível nacional, e com o mesmo orçamento, para INOVAR este Cartaz.
Quando não se tem dinheiro, ou procura-se fazer algo de muito bom(mas para isso requer-se trabalho, e na câmara gosta-se pouco de trabalhar,por Exploª procurar grupos de musica, cuja oferta é enorme ), ou então suspendam a feira por um ano.!
Voltar a ver e ouvir a mesma coisa durante dois anos seguidos, nem nas aldeias, como por exemplo a minha, que inovamos todos os anos.

Anónimo disse...

Será que a tanto jovem não cheaga a tenda electronica até às 7 da manhã, esta é que deviam cancelar pois não deixa dormir ninguém.
Lembro-me alguns anos atrás de um fim de semana musical em carrazeda chamado Ansiaes Rock, os proprios jovens de carrazeda fugiram para outros lados, nem eles proprios apareceram.
Porque será que as semanas academicas têm mais publico com o Quim Barreiros que com outras bandas?

Anónimo disse...

"Porque será que as semanas academicas têm mais publico com o Quim Barreiros que com outras bandas?"
Esta é boa! Talvez seja por venerarem o Quim Barreiros querem lá ver?! 99% do povo vai lá para beber uns copos, não vai lá para apreciar a prestação desse pseudo-artista

Anónimo disse...

um tenda eletronica nao chama ninguem. ninguem vem a carrazeda porque temos na feira uma tenda eletronica.

mas se queremos continuar a seguir estrategias de " alguns anos atrás" teremos tambem os resultados de " alguns anos atrás" .



(as semanas academicas sao contextos diferentes. sem comparaçao alguma. e ainda assim o anonimo está enganado quanto ao facto de quim barreiros ter mais publico )

t.

Anónimo disse...

Nesta altura era Ornatos e Violetas e Carrazeda de Ansiães, enchia de coisas boas!!

Anónimo disse...

Alguem me sabe dizer porque é que a Banda do Vilarinho não faz parte deste programa?