08 julho 2011

Caldas de São Lourenço - hora 00.00



Sempre defendemos que uma das prioridade do São Lourenço era pôr as termas a funcionar num balneário com técnicos capazes. A validade das suas águas, a sua envolvência, valor e conveniente divulgação trará o resto. Defendemos também que que a construção do balneário deveria ser feita de forma modular que previsse futuras ampliações e tivesse a supervisão das estruturas de saúde. Outra das prioridades é a melhoria dos acessos com a limpeza da estrada municipal existente, procedendo-se a alguns alargamentos e infraestruturando-a para diminuir a sua perigosidade.

Saúda-se a reabertura das termas, o processo de credibilização e a vontade de fazer algo mais e melhor, que parece nortear o actual executivo. Teme-se que a urgência (necessária) descambe em precipitação. Lamenta-se que o antigo balneário não faça parte do projecto de reabilitação das Caldas de S. Lourenço. Não há paciência para ouvir (quantas vezes mais!?) que tudo o que foi feito esteve mal, e não tivemos nada a ver com isso, e é graças a nós que isto agora vai, e quem esteve só destruiu, e nós agora é que é...

51 comentários:

Anónimo disse...

O actual Edil já fez mais pelo S Lourenço num ano do que o anterior em 16 anos, já para não falar do dinheiro gasto neste projecto face aos desvios de todos os anteriores. Só em maketes deve-se ter gasto muito...

Anónimo disse...

Estamos a apreciar o quê?
Uma estância balnear?
Apenas estudos médicos?
Toda a gente a falar e parece que não nos entendemos!
Quem mete os dedos nos olhos a quem?
Certo é que os 16 anos de Eugénio de Castro algo nos deve dizer!
Mas o próprio foi ouvido?
Sendo todos políticos da mesmíssima masseira, ninguém falou com ninguém na altura da passagem de testemunho e herança?
Estas interrogações estão na mente de toda a gente, mas parece não estar na cabeça do Sr. Professor Mesquita, quando ele sabe muito bem que estas relações fazem parte da triste história deste concelho!
O Sr. Professor não sabe que este novo presidente esteve desde sempre ligado à política ativa deste concelho?
Sabe pois!
Que tipo de responsabilidade se pede àquele e não a este?
Como eu gostava de os ver frente a frente!
E já agora com o Sr. Professor Mesquita a moderar!

josé alegre mesquita disse...

Leia com atenção o que escrevi e interprete também, já agora...

Anónimo disse...

Peço desculpa!
A pressa é inimiga da perfeição, é certo!
A pressa de sair de casa levou a uma leitura distorcida!
Logo voltarei ao tema!

Anónimo disse...

Já não acredito nos políticos, ao fim da vindima é que se pode gabar os cestos.
A vindima está no princípio, S. Professor !!! X9

Anónimo disse...

E será que já não se está a criar uma nova lista para o partido socialista? o porquê de no domingo em vez de ir para a inauguração das caldas, ficarem pessoas do concelho que tanto apoiaram a candidatura do presidente e agora há mistura de grupo de cantares??? PENSEM NISTO

Anónimo disse...

"Não há paciência para ouvir (quantas vezes mais!?) que tudo o que foi feito esteve mal, e não tivemos nada a ver com isso, e é graças a nós que isto agora vai, e quem esteve só destruiu, e nós agora é que é..."
Muitíssimo bem dito!
Este sr. presidente tem a memória curta e algumas pessoas que hoje batem palmas a este discurso patético, também. Então o homem não esteve sempre na Assembleia Municipal com a possibilidade de escrutinar todos os actos dos executivos do anterior presidente?!
E que fez ele? Alguma vez colocou em causa os estudos que foram feitos? Nunca!
Estou como diz um comentador aqui de cima: pagava para ver o anterior e o actual presidente frente a frente, a discutir este e outros assuntos!
Aí é que a "vaca havia de tossir"!
Zyon

Manuel Barreiras Pinto disse...

Finalmente!?...A obra aí está e a ser utilizada.Que a freguesia de Pombal foi bandeira de muitos politicos, usaram e abusaram da boa fé, das pessoas. Que foi gasto muito dinheiro dos contribuintes no São Lourenço, não há dúvidas e o visado Eugénio de Castro, está-se borrifando para os comentários,como sempre e a lei protege os audazes.Ouvimos dizer que ainda há estudos para as acessibilidades e outras melhorias para as futuras Caldas de S. Lourenço, oxalá que as promessas sejam concretizadas, pelo meu lado, estou satisfeito e pronto a ír em loco, fazer tratamento com aquela água.

Anónimo disse...

Muito bem, Manel. Quanto ao comentário do administratdor (ou post ou lá o qué), é que também já não há paciência para o ouvir defender o anterior utente e os seus lamentos.

Anónimo disse...

olá Manel

espero que seja o prncípio de algo..embora fruto do fim .. de outro algo

não se esqueça é de ir à consulta

abraço e continuem, com a coragem dos que se preocupam com a sua terra .. independentemente das simpatias traiçoeiras

abraço a todos


mario carvalho

Anónimo disse...

Anonimo disse:

Estou muito feliz que alguma coisa esteja a ser feita naquele lugar magnífico.

Mas, que se faça com qualidade, nos tempos que correm a qualidade é o segredo do sucesso, fazer só por fazer, é perca de tempo e gasto de dinheiros públicos. De qualquer modo parabéns ao novo executivo, que, ao que parece, irá levar por diante uma obra de que tanto se tem falado e escrito.
O Concelho precisa e merece.

Anónimo disse...

Bom, tenho que me inteirar acerca do que vai ser feito no S. Lourenço. Será que, finalmente, vou lá ver a avenida larga que vi um dia numa imagem distorcida de criança?

Há muito tempo que não vinha qui, de vez em quando voam-me os endereços do computador. Estou de regresso para os meus comentários e o melhor que puder e souber.

Cumprimentos

Rafaela Plácido

Anónimo disse...

As caldas de S.Lourenço foram importantes enquanto serviram aquelas pessoas que tendo algumas posses não podiam ou ainda não sabiam dar-se ao luxo de fazer férias noutras paragens.
Passada essa época dourada,as termas deixaram de ser procuradas.
Mas ficou sempre a mágoa,desde há 50 ou 60 anos,de ter desaparecido aquilo que parecia eterno.
Como deixou de haver soluções privadas,achou-se que o município tinha o dever indeclinável de solucionar o problema.
Ao fim de tanto tempo,começa a surgir uma solução.
Mas pergunta-se: que pessoas vão servir? Apenas os carrazedenses?Também os clientes do hotel do Pombal?Será que vão atrair gentes do país e até da estranja?
Se houver grandes investimentos privados,no caso de as águas serem consideradas excelentes,que ainda não o foram,é provável que elas venham a adquirir uma certa dimensão e significado em termos turísticos,propiciando a criação de empregos.
Se tudo ficar a cargo da Câmara,esta não pode gastar lá rios de dinheiro e é óbvio que as caldas terão uma utilização diminuta , trarão muitas despesas ao município e não voltarão a ter o esplendor de outros tempos.
Mas o seu funcionamento está assegurado porque tem gente altamente representativa de Carrazeda com disposição de lá dar ums banhocas:Barreiras Pinto,Prof.José Mesquita,Mário de Carvalho,Presidente da Câmara,Dr.Rui Martins ...e paremos, que a lista já vai longa.
Vida longa e próspera é o que desejo para as caldas.
JLM

mario carvalho disse...

sim.. porque o JLM não se mistura..
é mais radical... vai fazer slide para os 120 metros da barragem ou de escafandro .. rezar ao S.Lourenço ma redoma...!

cump.

ps espero que não vá para Paris

Anónimo disse...

Alguém me pode responder seguinte pergunta?.
Se realmente as Termas de S. LOURENÇO chegarem a dar frutos,qual é a percentagem da Junta de Freguesia do Pombal?.

Anónimo disse...

O Sr. Manuel Pinto é que me saiu cá um patusco...!
Diz-se satisfeito com a obra que já vê... e que já há estudos de acessibilidades, e tudo!
É um homem de fé, mas já o foi tantas vezes...
O que me admira e até preocupa, é que o Senhor vê onde todos os outros não alcançam!
Qual obra é que o Senhor vê, e que afinal ainda não tenha visto ali?
Diga lá homem!
Mas há outras coisas que nos devem preocupar a este respeito e desde logo o porquê, que no meio de tanta conversa, até muito dela, acertada, de não conseguirmos ouvir a junta da freguesia lá da sua 2ª terrinha! Que nos poderá dizer tão brilhante autarca?
E outras respeitáveis pessoas, como por exemplo, deputados municipais de Pombal, como sendo a Drª Fernanda Cardoso, o Dr. Paulo Baltazar Lima, o Engº Diamantino Moreira, outros, como sendo o historiador e colaborador do Jornal O Pombal - Dr. Augusto Figueiredo, o Professor Dr. Vitorino Ventura, o Senhor Almirante António V. Abreu, com interesse direto na localidade, o já histórico nestas andanças Senhor Carlos Fernandes do Pombal, o Dr. António João Sampaio -Parambos que também tem interesse direto no S. Lourenço, o Dr. Raul de Mesquita Lima, as Excelentísimas Drªs Adriana Carvalho Teixeira e Matilde Carvalho Teixeira e outros que agora me não vêm à memória...
Porque é que o amigo e Senhor Manuel, usando da sua boa influência não os ouve a todos para ver o que dirão?!
Use os seus bons conhecimentos também junto da Paradela onde também há gente muito bem formada, licenciada e pertencentes à freguesia...
Já que os responsáveis não o fazem, faça você mesmo e fique na história, homem!
Pode até ser que o autarca mor lhe reconheça o mérito de vir a ser um autêntico inspirador de vontades várias e convenientes ao meio!
Porque isto de só conversa...

Anónimo disse...

MC tem uma propensão interessante,mesmo"sui generis" de discutir:sem que uma pessoa espere,inopinadamente,vira o seu enorme poder de argumentação contra o seu interlocutor,em vez de o usar apenas contra os argumentos do interlocutor.
Dum momento para o outro,existe nele como que uma vontade incontida de invadir a esfera privada de quem com ele se atreve a dialogar.E,francamente,eu,que me acho um terrível pecador,fico a tremer que ele me descubra a careca(que,para meu azar,trago sempre descoberta).
Tentemos,malgré tout,voltar apenas à argumentação objectiva(isto é,virada exclusivamente para o objecto da discussão).
Voltemos às termas,pois...e ao que lhe está mais directamente ligado.
Ora bem,a pequena burguesia,de que eu faço parte,virou-se para outros lados porque começou a gostar mais de zonas mais cosmopolitas,mais limpas e deixou de acreditar nos poderes milagreiros de umas águas que,ainda hoje, não se sabe se são benéficas ou não.Deixou de encontrar piada em banhar-se num tanque sem um mínimo de condições.
Claro que essa burguesia poderá regressar às caldas se elas tiverem as condições que ela encontra noutros lados.Também é provável que a pequena burguesia de Carrazeda,passando a ter possibilidade de deslocação,procure outros lugares que não sejam sempre os mesmos e que as caldas sejam procuradas por quem vive lá fora e pode encontrar nelas aquilo que não tem no lugar em que habita.
Para que essas pessoas venham é preciso que haja grandes investimentos em S.Lourenço,que não podem ser feitos pela Câmara,que está a remendar o que pode(mais não lhe deve ser exigido).
A ruralidade de hoje não pode ser a ruralidade de ontem e,por isso,os produtos ,os artefactos de Carrazeda têm de ter uma apresentação moderna,em especial ter condições higiénicas que,noutros tempos,não havia nem ninguém valorizava.
O amor à santa terrinha não implica adorar o atrazo condenado pelas modernas e científicas maneiras de viver.
Acho que exigem de nós o contrário.
Chega por agora.
Os meus respeitosos cumprimentos.
JLM
PS:Peço desculpa por ter referido vários nomes.Nada pretendi,com isso,mais que utilizar uma brincadeira(inocente,claro).
JLM

Anónimo disse...

HÁ UNS POUCOS DE ANOS ATRÀS FOI CRIADA UMA "ASSOCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DAS TERMAS DE S.LOURENÇO",ONDE ESTÁ ELA E OS QUE ESTAVAM À FRENTE DOS SEUS DESTINOS?.ESTÁ TUDO CALADO NINGUÉM DIZ NADA?.QUEREM VER QUE UM DIA POR AZAR A DITA ASSOCIAÇÃO FOI TOMAR BANHO AO TANQUE E AFOGOU-SE...
OU ENTÃO ACONTECEU COM A DITA ASSOCIAÇÃO O MESMO QUE ACONTECEU COM O PRIMEIRO PROJECTO.SE NÃO ERAM COMPETENTES PARA ASSUMIR OS CARGOS QUE ELA IMPLICAVA PORQUE FOI QUE OS ACEITARAM.FOI A INCOMPETÊNCIA DE TODOS OS LADOS.
CÂMARA MUNICIPAL,PRESIDENTES DAS JUNTAS DE FREGUESIA E NEM A DITA ASSOCIAÇÃO FICOU DE FORA.POMBAL POMBAL,QUEM TU ERAS E QUEM TU ESTÁS.

Anónimo disse...

O anónimo de seg julho,12.00PM está muito mal informado e eu vou dizer-lhe porquê:-
De todas as pessoas cujos nomes descreve (SÓ DOIS) lutaram pelas Termas de S.LOURENÇO,no que diz respeito aos outros nunca soube de qualquer interesse pela sua reabilitação.
A verdade sobre tudo o que aconteceu só esses dois a sabem, assim como o anterior Presidente Eúgénio de Castro, mais ninguém. Nem o actual Presidente por incrivel que pareça, uma vêz que ele sempre fêz parte dos anteriores executivos a sabe, o que só demonstra como ele é incompetente e de fraca memória. Agora que é Presidente está a tentar virar-se para as Termas com unhas e dentes, pelo menos assim o diz.Oxalá ele consiga levar o barco a bom PORTO, mas lembrem-se que aqui ele também está a pensar nele próprio,ou seja ganhar as próximas eleições para a Câmara.Mas no Pombal com Termas ou sem Termas ele que não se preocupe porque ganha sempre.
Aquela gente quer assim,assim seja.Cá estaremos para ver os episódios da 2ª série desta novela.
P.P.

mario carvalho disse...

Caro JLM

Penso que o objectivo de muitos dos
seus posts é gerar polémica e abrir debate..

é nesse sentido que eu "tento" acompanhar..

Não há , nem nunca houve, mais nenhuma intenção

Embora não tenha o prazer de o conhecer pessoalmente ( o que muitas vezes é uma grande vantagem neste mundo virtual ou faz de conta em que vivemos, porque permite reações não influenciadas por outros factores que não sejam o própprio virtual)admiro muito as suas posições e a forma o que faz com que seja dos que mais contribui para a troca de ideias neste mundo dos blogues de Carrazeda.

Respeitosos cumprimentos



mario carvalho


Ps. vou estar ausente em termas

Anónimo disse...

É uma boa pergunta essa!
"Se S. Lourenço vier a dar "frutos", quanto recebe a Freguesia de Pombal?"
Estamos tramados para obter a resposta porque o Município NÃO FALA e a Junta NÃO RESPONDE!
Não sei que raio de democracia é esta, mas enfim, teremos o que merecemos!
Estou mesmo a ver uma Assembleia Municipal onde os respetivos presidentes, de Câmara e Assembleia, interrogados, digam:"NÃO RESPONDO"!

Anónimo disse...

P.S
No comentário do dia 11 de julho assinado por P.P.falei em Eugénio de Castro mas foi pelo lado negativo que ele teve nesta causa,acho que não adiante referir os porquês porque já toda a gente os sabe.Quanto aos outros dois esses sim foi pela positiva.
Tenho dito.

Anónimo disse...

Não não SR anónimo,uns não podem pagar pelos outros,se não falarem a bem falam a mal.
Parece que por enquanto o PASSOS COELHO ainda não falou na extinção dos TRIBUNAIS...
Temos que defender o que é nosso.

Anónimo disse...

Lamenta-se o autor do artigo postado pelo Professor Mesquita porque o antigo tanque não vai ser alvo de melhoramentos.
Ora bem,o que eles devem fazer é mantê-lo limpo para que as pessoas que visitem as Termas o possam ver,bem assim como o tanque das Caldas Velhas esistente um pouco mais acima.Só peço ao meu PADROEIRO S.LOURENÇO para que eles não o destruam,desta gente tudo se pode esperar,mas não são coisas boas.

Anónimo disse...

senhor professor Mesquita,
náo percebi porque é que não publicou o meu comentário. não sei se foi por dizer que o dr. ventura dizia bem de si, do manel pinto e do professor hélder, no blogue do vizinho, mas pronto. ~Também acho que ele não tem nada a dizer sobre o são lourenço, nem o monte de pessoas, nem as duas faladas por um outro comentarista, por muito que tivessem feito antes, porque o que é preciso é investimento, não é boa vontade de uns quantos carolas nem do presidente da câmara. Se quiserem ~melhorar o são lourenço, é preciso recuperar as casas em ruínas e isso só com investimento privado.
Os melhores cumprimentos,
X

Anónimo disse...

Nem sempre o muito que se diz, mesmo que seja com sentimento de bem se querer, significa sensatez!
Que tem a ver o Santo com o resto?
Lembram-se, sabiam, que até já chegaram a cortar o pescoço ao S. Lourenço, atirando a cbeça para um silvedo então existente no sítio onde agora está o pré-fabricado?!
Mas o Santo perdoou ao facínora e o Sr. António Marques fez-lhe uma cabeça nova que ainda lá está!
Recuperar as casas é que é desnvolver o S. Lourenço?
Por amor de Deus!
Que casas?
Recuperar as casas de quem?
O tanque antigo?
Que sabem as pessoas do tanque e como recuperá-lo?
Isso será para os técnicos!
É que foram tantos os idiotas que só estragaram que agora é preciso um trabalho muito sério e aturado para o colocar com era dantes!
Isso sim!
Bom, mas e então onde está o balneário novo?
É que aquilo que agora ali está é apenas para estudos!
Depois deles feitos é preciso apresentar projeto para uma nova estância?!
Esta gente parece não pensar!
Até o presidente da Câmara, se calhar pensa que a estância termal já ali está!
Deus do Céu!

Anónimo disse...

Caro X cada coisa a seu tempo.
Roma e Pavia não se fizeram num dia.Concerteza que alguém terá que tomar medidas sobre as casas em ruínas.Parece-me que a solução pertencerá à Câmara propondo aos seus proprietários o seguinte:
Ou recuperam, ou vendem ou são expropriados,pois não haja dúvidas que para venderem vão fazer render o seu peixe.Tenha mais um pouco de calma.Quanto ao número de pessoas nem foram todos nem foram só dois "FOI SÓ UM, MUITO EMBORA AQUANDO DO PRIMEIRO PROJECTO OUTROS FOSSEM APENAS POR ARRASTAMENTO",incluindo o anterior Presidente que para quem dizia que "NAQUELE BURACO NEM UM TOSTÃO"acabou por ´gastar lá dezenas de contos na antiga moeda, como é óbvio,para depois deixar caducar todo o processo e ter que voltar tudo à estaca zero.
Agora temos que ir vendo o rumo que as coisas vão tomando.
Ou quando diz que não foram aqueles tantos e mais os dois dá-lhe alguma dor nos cotovelos?.É bem capaz de ser isso.Olhe não há como ir lá tomar uns banhos que isso passa-lhe.
Ao contrário do muitos pensam as Termas não abriram ao público,o que está a ser feito são apenas novos estudos médicos,isto é que devia ser explicado ao Povo e não foi.Abertas estiveram elas sempre, mesmo sem condições e em situação de ilegalidade.

Anónimo disse...

Há muito que não consultava os blog's de Ansiães.
Após largos minutos de leitura e por algum conhecimento da realidade concelhia verifico e confirmo que afinal a incomptência continua a ser o verdadeiro ENTRAVE do concelho!

Anónimo disse...

"Até o presidente da Câmara, se calhar pensa que a estância termal já ali está!"
Se calhar,não, pensa mesmo!... É que os estudos vão prolongar-se para o mandato seguinte...percebe?
Porque mudou o pavilhão? Para ganhar tempo eleitoral! Tirou um para pôr lá outro? Que fizeram aos outros estudos? Deitaram-nos fora para agora dizer que tem que começar tudo de novo? O dinheiro não é dele, é de todos nós!...

Anónimo disse...

Sendo eu de Carrazeda, era com orgulho que sempre podia aí me deslocava ao fim-de-semana,houve uma fase em que éra agradável, havia gente criei novas relações, retomei outras,levava amigos, enfim... bons tempos!
Hoje é com imensa pena que vou acompanhando o que por lá se passa, sim porque ir já pouco me apetece, culpo o Sr Eugénio pois podia ter criado uma continuidade ao invés de ter entregue o Concelho a esta gente, mas enfim é vida, amanhem-se todos, parecem-me bem entregues!

Anónimo disse...

Infelizmente este é hoje o sentir de muita gente, como o do anónimo anterior! E por isso já não chegamos aos 6.400habitantes. Vila Flor já tem mais 400! E todos os dias oiço dizer a pessoas que cá teem vida e casa que, se pudessem, iriam embora! Carrazeda já não apaixona, não nos prende porque não se passa cá nada.Dos políticos aos impostos, tudo nos faz ir embora. É verdade que houve um tempo em que a Vila estava bonita, havia vida, acção...hoje tudo parece triste. São maus sinais, de facto!

Anónimo disse...

E o mais que estará para vir!!!!

Anónimo disse...

so vao ficar os funcionarios publicos...

Anónimo disse...

Querem dividir para reinar, porque "em terra de cegos..."mas se muitos continuam a ir embora ,que sentido fará o seu "reino"? Não percebem que estão a acelerar o seu próprio fim?
Nem isso percebem? Que alguém lhes diga, pelo menos!

Anónimo disse...

Sobre a reabilitação das Termas de S LOURENÇO e seu desenvolvimento há uma coisa que me custa a compreender que é o seguinte:-
Do processo anterior já entregue na Instituição competente não havia nada que pudesse ser aproveitado?.Será que o agora Presidente não agiu como devia ter agido?.O Médico que elaborou os primeiros estudos não soube o que fêz?.Ou o anterior Presidente levou o processo com ele?.
Será que nada podia ser aproveitado para poupar dinheiro aos cofres da Autarquia e já agora aos contribuintes,ou o que o SR Presidente quer é fazer flores para fazer ver que foi ele que fêz tudo de novo e ser o maior?.
Olhe que se já não é muito grande não vai ser agora que vai crescer,porque de uma certa idade para cima minga-se.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

Normalmente os comentários que não agradam sempre se consideram inoportunos, porque incomodam, mas descansemos que o incómodo só agora começa e as eleições são já já a seguir!
Já não falta muito!
Nade(mos) pois, enquanto há água, porque sem ela, fica(mos) arranhados!
Quando dere(s) conta do vazio do tanque...do S. Lourenço e outros...

Anónimo disse...

Ao Ex.mo proprietário deste blog, com estima:
Tê-los no sítio (os sentidos,claro) significaria enfrentar o indivíduo que mais sabe e mais documentado está sobre a recente história das Caldas de S. Lourenço - Pombal!
Enfrentá-lo significa saber dele com respeito o que se passou, em vez de qualquer finório(a), com propositada indolência bacoca se referir à pessoa (...) como que "pouco fez ou pouco terá feito, ou nada terá feito..."!
Evidentemente que isso é apenas um dsconhecimento absoluto, mas lamentável, do que se terá passado!
Não sou seu procurador, mas sendo seu bom amigo não consigo permitir tanta leviandade de apreciação!
Tendo tido acesso a um documento (entre centenas) dessa triste história, dou-lhes algumas passagens do que escreveu o médico hidrólogo que realizou os primeiros estudos:
Cito-"17/10/1996-...gostaria de levar ao seu conhecimento (Sr. Presidente da Câmara) alguns factos que, não obstante a boa vontade e empenhamento de algumas pessoas (onde se inclui o visado) não permitiram a amplitude proposta para o estudo, levado ao conhecimento da Direcção-Geral de Saúde - Ministério da Saúde, e, consequentemente, limitaram significativamente o leque de conclusões a tirar, bem como o alargamento do espectro terapêutico que se pretendia trabalhar para a àgua de S. Lourenço" QUE FACTOS ERAM ESSES?! não custa imaginar, ou seja a colaboração Municipal!
Mais adiante - Cito de novo "A dedicação, o empenhamento e o múltiplo desdobramento do Sr. (visado) não chegou para compensar a falta de vontade revelada por elementos da Edilidade, traduzida entre outros factos, pela ida três vezes dum autarca às termas, sem que, pelo menos por cortesia, se fizesse anunciar para que o signatário (médico)o pudesse conhecer a apresentar os cumprimentos normais...dos nove estudos já feitos pelo signatário (médico), com outras tantas autarquias, este foi o que contrastou, pela negativa, de todos os outros, em que houve sempre um diligente e empenhado apoio dessas autarquias" Fim de citação.--------
Por aqui se percebe que jamais era possível a quem quer que fosse, nomeadamente a uma pessoa que até era funcionário da autarquia,fazer o quer que fosse contra a vontade do mesmo Município que não queria que a legalização tivesse tido lugar!
Por isso o visado, mesmo tendo resistido durante seis anos, até aos limites do que considerou para si, possível,contra tudo e contra todos;
Contra o Município, contra a inveja social que no concelho sempre existiu contra Pombal, contra a sua própria Junta de Freguesia de Pombal que descaradamente era o espelho da subserviência rendida ao Município.
Era impossível resistir!
Acabou por ter de se demitir, salvo erro em Fevereiro de 1998.
As pessoas devem falar do que sabem e não imaginar de acordo com o seu desejo...
Desejar que um fulano nada tenha feito, ou nada faça, é uma coisa!
Outra coisa é o que ele fez comprovadamente!

Anónimo disse...

Pois é, há pessoas engraçadas e há outras que pelo seu feitio fechado, introspetivo como soi dizer-se, não caem em graça!
Mas inapelavelmente há aquelas, (as tais introspetivas) a quem por vezes devotamos ódios de estimação, sem qualquer razão especial, mas só porque achamos não gostar...
Mas, entretanto, se precisarmos delas, por qualquer motivo, lá vamos e acabam por, afinal, ser até bem simpáticas!
Mas não dar valor devido, meus caros,é muito ingrato!
Bom, estamos então perante várias interrogações, sobre os ditos estudos da água de S. Lourenço!
Havia um médico hidrólogo que afinal tinha já estado na legalização de 9 estâncias balneares a quem, em S. Lourenço não foram dadas por quem de direito, as mínimas condições de trabalho, mas que esta administração Municipal, achou por bem, ao que parece, nem sequer contactar para reaver os antigos estudos realizados e que teriam sido apresentados aos Ministérios da Economia e Saúde em tempo devido!
Afinal nem se sabe da possibilidade do médico anterior poder benificiar o Município atual num preço muito mais módico para novo estudo!
Afinal este autarca (muita parra pouca uva) começou a dizer da dispensa de automóvel oficial para poupar despesas e começou já levar carro para casa e já agora, até para funerais!
Espera-se que não para festas e copos!
Depois do aparte...se pelas razões apontadas aquele profissional (médico) tinha queixas da administração anterior, não deixará de as ter contra a presente Câmara Municipal, que lhe não conferiu hipótese de salvaguarda possível!
Era até bom saber-se quantas equipas médicas foram convidadas a apresentar proposta e preços para os novos estudos!
TRANSPARÊNCIAS do novo Presidente!!!
Que diz a oposição?
NADA DE NADA!
Continuamos à espera de saber mais!
Ainda é pouco, mas seguramente, começa a ser interessante!

Anónimo disse...

Pois afinal, agora sim, isto é governo do psd.
Então os estudos feitos na gestão do sr.dr.joão sampaio, tambem ele ilustre alcaide psd? não tinham credibilidade? o médico era do psd antigo? este médico é do psd novo? ou a câmara afinal está recheada de euros e faz mais estudos? ou será como os referendos, fazem-se tantos quantos forem necessários até obtermos os resultados que queremos?
Coitados dos Carrazedenses! que triste sina a sua!
Ou será que é disto que gostam? quem não gostar que faça como os demais e vá embora, o Concelho entrega-se ás: juntas do alcaide & psd,Lda.
AMANHEN-SE.

Anónimo disse...

Ainda sobre AS TERMAS DE S. LOURENÇO.
Diz um comentador que elas estiveram sempre abertas,sim é verdade,o que não sabem é que só não foram seladas porque alguém fêz muito esforço para que isso não acontesse-se.Afinal sempre (alguém) fêz alguma coisa.Há muita coisa nos bastidores que quem sabe não demorará muito a vir ao palco.É só ter paciência por mais algum tempo,depois é só assistir ao Teatro,a entrada vai ser gratuita.

Anónimo disse...

Os antigos estudos são publicos e podem ser consultados por quem quiser, será que ninguém comprende que os estudos realizados no ano de 1996 e anos seguintes, foram REPROVADOS pela CAT! é tão simples quanto isto, o rsto é só paleio...

Anónimo disse...

amanhemo-nos, pois!
que diz a isto o carrazedense JLM?!
e JM?!

Anónimo disse...

Ao do "paleio..."
Se os estudos são públicos diga onde estão para poderem ser consultados!
Custaram-nos tanto dinheiro que a isso teremos direito, ou quere-os só para si?

Anónimo disse...

Mas, afinal, porque teimam em chamar aos balneários pré-fabricados de S. Lourenço, uma estância termal?
Dá impressão que esta gente não sabe mesmo o que são umas termas!!!
Pude ver no domingo,tendo-me ali deslocado para ver o que se passava depois de tanto alarido, e não é que nem sequer se aproximam das de Carlão, ou Santa Maria Madalena, uns Km mais acima?
Para não falar das de Longroiva, no concelho da Mêda, claro!
Pois, visto na Televisão mandada pelo nosso presidente Municipal, facilmnte se enganam as pessoas...como diz o outro, AQUILO É UM LUXO!
Mas aquilo chamam-se instalações para estudos médicos!
Só isso!
Termas autorizadas venham a Carlão!

Anónimo disse...

é muito fácil em primeiro lugar à associação para o desenvolvimento das caldas de s. lourenço que foi criada só para isso, devem ter os estudos!!!ou pelo menos um arquivo onde esses documentos se encontram...depois qualquer documento que eu saiba do municipio pode ser consultado...

Anónimo disse...

A(O) do paleógrafo, o que quis foi desviar-se da verdadeira questão muito bem apontada pelo comentador de 19Jul., ou seja, como é possível que a equipa médica anterior, para o bem e para o mal, não ouvida, nem achada, quando afinal, há quem das equipas anteriores faça parte do "esquema" atual!
Os entrolhos, mesmo tratando-se de água, sem nora, só se aplicarão àqueles que propositadamente não olham, escolhendo o melhor caminho, mas sim o que descaradamente lhe impõem!

Anónimo disse...

As águas de Carlão ou Santa Madalena foram registadas em bom tempo. Para os que pouco conhecem destas e dizem que tem poderes cutativos... a água de Carlão foi durante muitos anos captada no rio e encaminhada por uma conduta escondida para ser misturada com a fraca nascente do local. Há registos disso...

Anónimo disse...

BOA,É POR ISSO QUE COM TÃO BOAS INSTALAÇÕES E TÃO BOAS ÁGUAS,HÁ MUITAS PESSOAS QUE COMEÇAM OS TRATAMENTOS EM CARLÃO E COMO NÃO SE SENTEM BEM VÃO PARA O S. LOURENÇO MESMO SEM CONDIÇÕES.
É QUE O SEGREDO ESTÁ NA DIFERENÇA DAS ÁGUAS, POR ISSO O AÓNIMO ANTERIOR TEM TODA A RAZÃO.

Anónimo disse...

Espero que não destruam todo o passado,deitando abaixo,o tanque existente,porque por mais moderno que venha a ser, nunca expressará a história que este nos faz imaginar!...
Não sendo da terra, fui lá a banhos,que paguei caro, a meu ver, dada a falta de condições, mas valeu a pena porque me fizeram muito bem!
E querem que lhes diga, podia ter ido para outros sítios mais sofisticados, mas não fui. E é dessas termas antigas do S.Lourenço que vou ter saudades!!!

Anónimo disse...

as termas de s.lourenço já são uma realidade no panorama das termas de portugal,e incluem-se nas que tem estudos cientificos para o efeito .a todos os que contrbuiram para tal ,deve -se reconhecer. quanto ao futuro deve - se respeitar a historia ,patrimonio e suas gentes e construir-se um edificio ,moderno polivalente,adequado aos dias de hoje e ser economicamente sustentavel,o passado,os atuais interessados e com respeito s.lourenço merece,vamos ajudar